Jundiai - SP

Como deixar de ser agressivo?

Como deixar de ser agressivo?

Você gostaria de deixar de ser agressivo, mas não sabe como? Sim! Confira!

Não pense muito em si

Focar todos os seus pensamentos em si não o vai ajudar a manter a calma. Procure afastar-se de si, isto é, faça por não pensar em demasia no que está a sentir. Uma boa forma é encontrar uma atividade de que realmente goste e que faça a sua cabeça estar ocupada com outros pensamentos. Sempre que sentir que um ataque de raiva e de fúria está a chegar, obrigue-se a ocupar a cabeça com outra coisa que não seja aquilo que está a sentir. Correr, conversar com alguém sobre assuntos banais ou ir às compras são atividades que o podem ajudar a esquecer-se da sua raiva. Quando der por si, o ataque de fúria terá passado e já não se sentirá tão agressivo!

Procure um padrão no seu comportamento agressivo

Analise se as suas ações agressivas são desencadeadas sempre pelo mesmo motivo. Identificar um padrão na sua atitude pode ser uma ótima forma de começar a curar definitivamente o seu problema. Por exemplo, se fica agressivo sempre que alguém toca em determinado assunto, é sinal que esse assunto o magoa de uma forma muito intensa. Pode e deve procurar ajuda médica para conseguir superar esse trauma.

Fale com os outros

Assumir que tem um problema é um grande passo para conseguir curá-lo. Fale com amigos e familiares de confiança e admita que tem um problema de relacionamento e de controlo. Por muito que isso lhe custe, vai ser libertador e vai sentir-se muito melhor se souber que pode contar com a ajuda das pessoas que o rodeiam!

Leia também:    

Saúde mental, como encontrar o equilíbrio?    

O que é o Coaching e quais os benefícios que ele pode proporcionar?    

O Poder da Ação

Deixe o sarcasmo de lado

Uma das queixas mais comuns das pessoas que lidam com agressivos, relaciona-se com o sarcasmo característico destas pessoas! É muito irritante falar com alguém que está com uma atitude irónica, pois em nada vai ajudar à resolução do conflito. Sempre que sentir vontade de ser sarcástico, pense que isso só vai tornar a discussão mais acesa e aumentar os níveis de agressividade!

Não deixe os problemas ficarem fora de controlo

Muitas pessoas preferem fazer de conta que um problema não existe em vez de enfrentá-lo assim que ele surge. É muito importante não deixar os problemas aumentarem de tamanho, caso contrário, a sua vida entrará numa bola de neve de problemas sem fim! Ao ter a consciência de que o problema já está fora de controlo, vai sentir-se enervado e, por consequência, agressivo. Encare os problemas quando eles surgem e resolva-os com calma e ponderação!

Tenha paciência consigo próprio

Mudar a forma de estar na vida requer tempo e dedicação e não pode esperar tornar-se uma pessoa super calma de um momento para o outro. Não caia no erro de se culpar demasiado se não conseguir manter a calma numa determinada situação, pois isso vai fazer com que a sua agressividade venha ao de cima. Dê um passo de cada vez e saiba valorizar-se caso conseguia atingir uma conquista (por exemplo, pensar antes de falar e falar mais calmamente do que se tivesse sido impulsivo).

Aceite que os conflitos vão sempre existir

Só num mundo ideal é que todos estarão sempre de acordo consigo e as discussões não acontecerão. É perfeitamente normal haver troca de ideias e não existe mal nenhum nisso. Não pode ficar aborrecido nem nervoso se alguém discordar de si e deve sempre apresentar o seu ponto de vista da forma mais calma possível. Se conseguir sempre apresentar as suas ideias de forma pacífica, vai perceber que os outros ganham maior respeito por si e que se vai sentir muito melhor do que quando resolvia os problemas com agressividade!

O comportamento agressivo pode ser um problema de saúde muito sério, que coloca em perigo a vida da pessoa agressiva e das pessoas que a rodeiam. Por isso, se estiver perto de alguém com comportamento demasiado agressivo e bruto, faça com que a pessoa procure ajuda médica e por muito difícil que seja, tente ser paciente e compreensivo!