Conheça o Bairro Traviú em Jundiaí: vinícolas, boa gastronomia e paisagens deslumbrantes

Conheça o Bairro Traviú em Jundiaí: vinícolas, boa gastronomia e paisagens deslumbrantes
Compartilhe:

Com forte tradição italiana, o bairro Traviú, em Jundiaí, oferece boa gastronomia, charmosas paisagens e muito vinho!

Com ruas floridas, atmosfera campestre, vinícolas e paisagens incríveis, o local ainda preserva suas raízes, tradições e legados dos imigrantes italianos que se instalaram na região há mais de um século. Isso é perceptível na gastronomia, na arquitetura e no charme que a região preserva. Repleto de cores, sabores e atrações, este bairro histórico é perfeito para um agradável passeio para fazer com a família!

Um pouco de história

A história do bairro Traviú em Jundiaí começa no final do século XIX, mais precisamente em 1893, quando um grupo de imigrantes italianos comprou um terreno e se instalou na região. No início, a tentativa foi produzir café para garantir seu sustento, mas foi na uva que eles encontraram uma verdadeira paixão preservada até os dias atuais.

O tempo foi passando, as famílias foram crescendo e o espaço foi sendo dividido. No entanto, até hoje, a tradição perdura e pelo bairro não é incomum encontrar moradores com os mesmos sobrenomes dos primeiros imigrantes que aqui chegaram. Outro ponto a se considerar é que a uva niágara rosada, tipicamente jundiaiense e fruto de uma mutação genética em 1933, foi originada em uma das plantações do Traviú. Foi graças a essa variedade que Jundiaí conquistou o título de "Terra da Uva"

Atualmente, são mais de 50 pequenas propriedades que ainda mantém suas produções da uva niagra rosada. A uva é sim protagonista, mas a produção também conta com o cultivo de legumes, ameixa, pêssego, entre outros.

A arquitetura do Traviú também preserva um pouco dessa história. Igrejas, casinhas e outras edificações remetem também à origens italianas. Vale a pena andar por ali despretensiosamente e descobrir muitos lugares agradáveis.

Uvas e Vinhos: Conheça a Adega Santa Cecília

A Adega Santa Cecília é uma empresa familiar e funciona desde 1974, mas foi em 2016 que decidiu abrir suas portas para o enoturismo aos finais de semana.

Atualmente a adega possui um parreiral composto por pés da uva niagra, branca e rosada, além de uvas viníferas bordô, isabel e máximo. A produção gira em torno de 12 mil litros por ano, além de 150 mil quilos de uva de mesa. Os visitantes podem realizar um tour guiado pela propriedade, conhecendo o parreiral e a fábrica, com explicações sobre a produção.

É possível ainda realizar degustações da bebida, acompanhada por tábua de frios, geleias e outros quitutes. Além disso, há outras opções de atividades, como aproveitar o dia curtindo a natureza e saboreando delícias oferecidas em uma cesta de piquenique.

Há também uma charmosa capela e uma loja instalada em um enorme tonel de madeira. Nela é possível adquirir itens produzidos na vinícola, como sucos de uva, espumantes, cachaça, licores, doces caseiros e, é claro, o vinho.

Os passeios devem ser agendados com no mínimo uma semana de antecedência, mas para visitar a lojinha, que fica aberta aos finais de semana, não é necessário reservar.

Culinária italiana e Café Colonial: uma deliciosa experiência gastronômica

Para quem ama a gastronomia italiana, o bairro Traviú é um prato cheio – e a fartura impera por ali.

O restaurante Travitália é um dos mais famosos da região e fica localizado dentro de um sítio encantador, cercado por muito verde e dispondo de um deck de madeira com uma vista sensacional. Massas e molhos são produzidos pela própria casa, como a tradicional polenta, carro-chefe do espaço.

Ao lado do Travitália, e com um ambiente tão acolhedor quanto, está o Bella Mattinna, espaço que serve, aos finais de semana, um incrível café da manhã colonial. As delícias matinais podem ser consumidas à vontade em um buffet com valor fixo. São mais de 80 variedades de bolos, geleias, pães caseiros, doces, salgados, tortas, entre outras opções.

O espaço é uma verdadeira perdição para quem ama um café típico de fazenda, no estilo casa de vó. O restaurante ainda possui parquinho para crianças e um espaço com diversos animais, além de um empório.

 

Saiba mais sobre onde visitar na cidade de Jundiaí.

 

Créditos da Imagem: IStock

 

Salas Comerciais e Coworking Jundiaí - Espaço Comercial Villa Medeiros
Ver
Coworking Jundiaí

Sala Coworking completa, individual, ideal para reuniões, cursos, atendimentos, audiências, etc...

Elis Salles - Jundiaí - Itupeva
A palavra que me representa bem é empreendedora, atuamente estou administrando o Espaço Comercial Villa Medeiros com Salas Comerciais e Coworking e investindo no Refúgios no Interior de SP. Algumas atividades agregam minha trajetória profissional como empresária no mercado imobiliário durante 15 anos (2005-2020), Corretora de Imóveis (Creci f-68203), Avaliadora de Imóveis (Cnai 22634), escritora, practitioner em pnl, web designer e especialista em Marketing.

Você Pode Gostar: