Conheça o MuBE - Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia em São Paulo

Conheça o MuBE - Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia em São Paulo
Conheça o MuBE - Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia em São Paulo
Conheça o MuBE - Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia em São Paulo
Conheça o MuBE - Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia em São Paulo
Compartilhe:

O Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MuBE) foi criado com o objetivo de divulgar os mais diversos segmentos da arte, priorizando a escultura e os suportes tridimensionais.

Projetado pelo arquiteto vencedor do Prêmio Pritzker 2006, Paulo Mendes da Rocha, o MuBE, concluído em 1995, no bairro Jardim Europa, em São Paulo, é uma das obras mais emblemáticas da Arquitetura Contemporânea Paulistana.

O museu surgiu como fruto da mobilização de uma associação de moradores do bairro, visando impedir a construção de um shopping center no local. O terreno foi cedido em regime de comodato pela Prefeitura de São Paulo à Sociedade de Amigos dos Museus (SAM), mantenedora da instituição, por um período de 99 anos.

O MuBE e seu prédio que são um marco da arquitetura mundial e que conta também com o jardim projetado por Roberto Burle Marx.

O museu não emerge do espaço como uma caixa fechada, suas fachadas se desdobram em múltiplos planos, onde não há elevação principal, lateral, frontal. Ele é formado por uma elaborada sucessão e interrupção de superfícies, estabelecendo uma relação com as duas vias públicas adjacentes, semelhante a um passeio ou um singelo parque-jardim. Os dois pavimentos do museu formam duas praças, uma alta e outra baixa.

Na cota mais baixa do terreno, a praça de entrada é revestida com mosaico branco, contrapondo com a gravidade da massa de concreto que desce verticalmente sobre ela. Na cota mais alta há um espelho d´água no ângulo extremo do lote, recortando o piso da praça superior. As dependências semi-enterradas contêm grandes salões para exposições, mantendo a continuidade exterior-interior, mediante rampas, escadas e aberturas zenitais e laterais que oferecem luz natural ao interior da construção.

Na parte externa, o paisagismo de Burle Marx também serve de pano de fundo para as exposições e atividades ao ar livre.

Como o MuBE é em grande parte, subterrâneo foi necessária a implantação de um sistema de drenagem eficiente, pois o lençol freático fica acima do nível da construção. As paredes estruturais de concreto armado e que funcionam como pilares e muros de arrimo são impermeabilizadas, pois ficam em contato direto com a água.

A referência no projeto de Mendes da Rocha a Le Corbusier é inevitável. Percebe-se que a concepção estrutural nasce junto com a concepção arquitetônica, onde a estrutura já é a própria arquitetura.

 

Saiba mais sobre onde visitar em São Paulo.

 

Créditos das Imagens: ArchDaily Brasil; Banco Cultural; arquiscopio

 

Salas Comerciais e Coworking Jundiaí - Espaço Comercial Villa Medeiros
Ver
Coworking Jundiaí

Sala Coworking completa, individual, ideal para reuniões, cursos, atendimentos, audiências, etc...

Elis Salles - Jundiaí - Itupeva
A palavra que me representa bem é empreendedora, atuamente estou administrando o Espaço Comercial Villa Medeiros com Salas Comerciais e Coworking e investindo no Refúgios no Interior de SP. Algumas atividades agregam minha trajetória profissional como empresária no mercado imobiliário durante 15 anos (2005-2020), Corretora de Imóveis (Creci f-68203), Avaliadora de Imóveis (Cnai 22634), escritora, practitioner em pnl, web designer e especialista em Marketing.

Você Pode Gostar: