Nossa Gente - Família Salles

Nossa Gente - Família Salles
Nossa Gente - Família Salles
Compartilhe:

Cláudio Salles nasceu no dia 16 de agossto de 1916, na Fazenda São Simão, quando Itupeva ainda era apenas munícipio de Jundiaí. Era filho de José Salles e de Arcibele Clini Salles, que trabalhavam como colonos na fazenda. Era carinhosamente conhecido como "Xixo".

Vieram da ítalia em uma imigração de 1896, instalando-se na fazenda São Simão até o ano de 1924. Nesta data, seus pais compraram dois lotes de terrenos em Itupeva, do saudoso Nicola Izzo, hoje (2011) Avenida Brasil 155 - Centro, em frente à matriz de São Sebastião.

Construiram uma casa grande com cinco dormitórios, cozinha, banheiro, sala, um salão comercial e um depósito, onde, na época, foi instalado uma estabelecimento comercial, armazém de secos e molhados, armarinhos e miudezas em gera, que durou até o ano de 1945.

Aps 10 anos de idade, Cláudio Salles já trabalhava no armazém e estudava. Aprendeu suaas primeiras letras no bairro de Itupeva, onde também aprendeu o ofício de sapateiro. Logo aos 15 anos, já consertava e fabricava sapatos e sapatões, ofício que exerceu até o ano de 1944.

Foi músico e maestro da primeira  Banda de Itupeva, em 1932, onde tocava 1º piston e cavaco banjo nas matinês e coretos da igreja.

Casou-se  no dia 18 de janeiro de 1936 com Amélia Gasparini, no município de Itupeva, com quem teve seus nove filhos: Armando, Artêmio, Ademar, Antônio, Airton, Alcides Roberto, Aparecida, Maria e Mário Salles.

Continuou morando com seus pais e , em 1945 alugou uma casa do saudoso Emílio Chechinato, no bairro da Chave, nome este dado porque ali havia uma parada do trem da Sorocabana que possuia um desvio para os trens de carga. Então, quando vinha o trem de passageiro, ligava a chave para o trem de carga desviar, e o nome permaneceu.

Antiga Fazenda Patená. No prédio, havia um salão comercial e Cláudio Salles instalou ali um armazém de Secos e Molhados, com nome de Armazém São Roque, cujo santo era o padroeiro do bairro. Mais tarde, este padroeiro recebeu o nome de São Roque da Chave.

Em 1976, com seus filhos já criados e estudados, parou de trabalhar. Foi um lutador, um chefe de família exemplar e responsável cumpridor de seus deveres com seriedade e respeito. Educou todos os seus filhos da maneira que suas possibilidades permitiam e, hoje, a maioria reside em Itupeva, onde estão casados, com netos e bisnetos, uma prole marcante para o desenvolvimento do nosso município e da nossa cidade.

Foi sempre favorável ao progresso, à emancipação político administrativa do município de Itupeva, para o qual muito colaborou.

Foi um grande colaborador das festas das igrejas e quermesses, e ajudou a construir a Matriz de São Sebastião. Sempre auxiliou os menos favorecidos e as crianças, de quem sempre gostou.

Assim foi Cláudio Salles até 05 de novembro de 1992. 

Fotos: Elisângela Salles e Aparecida Salles (tia Cida)

Se você pertence à família, acrescente mais detalhes à esta história. Envie fotos ou textos para portaldeitupeva@portaldeitupeva.com.br

 

 

Salas Comerciais e Coworking Jundiaí - Espaço Comercial Villa Medeiros
Ver
Coworking Jundiaí

Sala Coworking completa, individual, ideal para reuniões, cursos, atendimentos, audiências, etc...

Elis Salles - Jundiaí - Itupeva
A palavra que me representa bem é empreendedora, atuamente estou administrando o Espaço Comercial Villa Medeiros com Salas Comerciais e Coworking e investindo no Refúgios no Interior de SP. Algumas atividades agregam minha trajetória profissional como empresária no mercado imobiliário durante 15 anos (2005-2020), Corretora de Imóveis (Creci f-68203), Avaliadora de Imóveis (Cnai 22634), escritora, practitioner em pnl, web designer e especialista em Marketing.

Você Pode Gostar: