Hospedagem ecológica em Ubatuba: conheça o Banana Bamboo Ecolodge

Hospedagem ecológica em Ubatuba: conheça o Banana Bamboo Ecolodge
Hospedagem ecológica em Ubatuba: conheça o Banana Bamboo Ecolodge
Hospedagem ecológica em Ubatuba: conheça o Banana Bamboo Ecolodge
Hospedagem ecológica em Ubatuba: conheça o Banana Bamboo Ecolodge
Hospedagem ecológica em Ubatuba: conheça o Banana Bamboo Ecolodge
Compartilhe:

Se você quer relaxar, curtir e dar um tempo na rotina de forma ecológica e saudável, essa pousada é sua melhor opção! O Banana Bamboo Ecolodge, em Ubatuba, oferece conforto e qualidade de forma segura sem agredir o meio-ambiente.

A pousada está localizada em uma área rural, ao norte de Ubatuba, bem próximo à divisa com Paraty/RJ. No meio da mata, onde cresce banana, mandioca, juçara, urucum, entre outros alimentos e frutos nativos na Mata Atlântica. Possuem o privilégio de estarem situados em uma parte da cidade que ainda preserva locais pouco, ou quase nada, explorados.

O espaço do local foi planejado com o intuito de integrar as construções, em sua maioria feitas de bambu, com a paisagem natural. No pé da belíssima Serra do Mar, em meio a um Parque Nacional, os amplos espaços estão distribuídos em múltiplas áreas de convivência (10 suítes, Lounge, Bistrô, Sauna, Restaurante, Sala de Massagem, Sala de Yoga), além da Agrofloresta e tecnologias sustentáveis. Tudo interligado por decks e passarelas suspensas.

Além do uso do bambu, as construções do Ecolodge foram todas feitas de forma suspensa. Primeiramente para evitar as enchentes, mas também para permitir a circulação de ar embaixo das estruturas, diminuindo a umidade e evitando, no caso dos caminhos suspensos, o contato com insetos e animais peçonhentos. Os telhados verdes, utilizados no Bistrô, Lounge, Jacuzzi, Sauna e Sala de Massagem ajudam a reter a água da chuva, funcionando como uma esponja, além de diminuir consideravelmente a temperatura dos ambientes nos dias quentes.

Como estão localizados em uma área rural, é natural que utilizem o potencial de água da chuva, afinal em Ubatuba são mais de 2.500mm de chuva por ano. Para captar a água da chuva, utilizam o telhado das suítes, com 500 m², que direcionam a água por meio de condutores em direção às cisternas. No caminho, a água da chuva passa pelo descarte das folhas grossas, e em seguida pelo sistema de descarte de água da primeira chuva. Depois disso a água fica armazenada em cisternas e são bombeadas até a caixa elevada, passando no caminho por filtros de carvão ativado, filtro plissado e um sistema de purificação com ozônio.

Nos meses de estiagem o sistema passa a receber água da nascente, que fica nas encostas da Serra do Mar. Neste caso, a água é captada em um sistema conhecido como “caxambu", depois levada por mangueira até o Filtro Lento de Areia, onde lentamente é filtrada e direcionada para as cisternas. As águas, depois de usadas, são separadas em dois sistemas para o devido tratamento. A partir de então, a água segue lentamente para valas de infiltração, retornando para o solo de forma limpa.

Os proprietários também transformam uma piscina convencional em uma Biopiscina. Mais saudável para quem utiliza e para o meio ambiente, as biopiscinas consistem em um sistema natural e sustentável, onde plantas substituem os filtros e os produtos químicos. Dessa forma, a água límpida e cristalina é depurada de forma natural por meio das plantas, em um processo similar ao que se observa em nascentes de rios e lagos naturais. A biopiscina é dividida em duas áreas: uma destinada ao banho e natação, e outra destinada à purificação biológica (onde plantas e outros microorganismos cumprem uma importante função). O método possui vantagens por ser uma tecnologia limpa e sustentável, não prejudica a pele e cabelos do banhista, não irrita os olhos, contribuindo para a saúde do banhista. Além de favorecer do ponto de vista arquitetônico, pois integra-se melhor à paisagem.

A Ecogastronomia é outro conceito adotado na propriedade, no Restaurante do Ecolodge, que utiliza dos alimentos produzidos nos sistemas agroflorestais da propriedade e do entorno, contribuindo com a geração de renda local, bem como com a saúde, por conta da culinária saudável. Os alimentos utilizados, além de orgânicos, são muito nutritivos. Alguns até conhecidos como funcionais, como a Banana Verde, que utiliza sua biomassa em diversas receitas.

O cardápio do Ecolodge foi desenvolvido com alimentos da safra, produzidos no sistema agroflorestal como o Cambuci, a polpa do palmito Juçara, a banana, Palmito Pupunha, entre outros.

As PANC’s (plantas alimentícias não convencionais), que crescem espontaneamente, também são utilizadas em drinks, saladas e até em pratos principais.

Os resíduos orgânicos do Ecolodge (que representam, em média, 60% de todo resíduo sólido produzido), são direcionados ao Minhocário. Lá minhocas e microorganismos transformam os restos de alimentos em adubo de excelente qualidade. É um sistema prático, compacto, higiênico e de fácil manuseio, que não produz cheiro, nem atrai insetos e animais indesejados. Além do húmus, outro excelente produto deste processo é o chorume, um biofertilizante incrível. Já os resíduos sólidos recicláveis (papelão, vidro, plástico, alumínio) são separados e depois de limpos e secos são doados à Cooperativa Coco & Cia de Reciclagem.

Não bastando todo esse conceito sustentável, o local fica próximo a diversas cachoeiras da região, como a Cachoeira do Tombador, Cachoeira da Lage, Cachoeira da Escada e Cachoeira do Prumirim.

 

Gostou da dica? Conheça mais pousadas para se hospedar no interior de SP.

 

Créditos das Imagens: SustentAqui; Quanto Custa Viajar; Original Miles; Booking; Landed Travel

 

Salas Comerciais e Coworking Jundiaí - Espaço Comercial Villa Medeiros
Ver
Coworking Jundiaí

Sala Coworking completa, individual, ideal para reuniões, cursos, atendimentos, audiências, etc...

Elis Salles - Jundiaí - Itupeva
A palavra que me representa bem é empreendedora, atuamente estou administrando o Espaço Comercial Villa Medeiros com Salas Comerciais e Coworking e investindo no Refúgios no Interior de SP. Algumas atividades agregam minha trajetória profissional como empresária no mercado imobiliário durante 15 anos (2005-2020), Corretora de Imóveis (Creci f-68203), Avaliadora de Imóveis (Cnai 22634), escritora, practitioner em pnl, web designer e especialista em Marketing.

Você Pode Gostar: