Turismo Rural em Mairiporã

Turismo Rural em Mairiporã
Compartilhe:

Um dos melhores destinos para descansar, curtir mais o tempo e aproveitar um ar puro no interior de SP, a cidade de Mairiporã possui localização privilegiada, sendo roteiro de turistas que procuram lugares ligados diretamente com a natureza e tranquilidade.

A região também é bastante explorada para o turismo de aventura. Em suas montanhas, como no próprio Pico Olho D´água, é muito comum encontrar pessoas descendo suas trilhas com bikes, praticando o downhill. Além disso, a Pedreira Dib é muito procurada pelos praticantes de rapel, que adoram praticar o esporte em seus enormes paredões.

Separamos algumas dicas de passeios para que você conheça Mairiporã em sua próxima viagem. Confira:

PICO DO OLHO D'ÁGUA

Muito procurado para contemplação por suas extensas paisagens, voo livre, piqueniques e trilhas de downhill, o pico tem esse nome pelos veios de água que brotam da serra. Também chamado de Morro do Juqueri, é patrimônio tombado pelo CONDEPHAAT.

Atualmente existe um projeto que pretende ligar o pico à rotatória de entrada da cidade através de um teleférico que passaria sobre a Rodovia Fernão Dias.

REPRESA PAULO DE PAIVA CASTRO

A represa tem seu início no Centro de Mairiporã, estendendo-se por 10 km até ultrapassar o limite municipal com Franco da Rocha. A represa integrante do Sistema Cantareira de Abastecimento, e é responsável por proporcionar água para mais da metade da população da grande São Paulo.

O local possui muitas paisagens cênicas e é muito procurada para a prática de esportes náuticos e pesca esportiva e amadora.

PEDREIRA DIB

Parte de um complexo que inclui também um restaurante, a pedreira foi desativada pois durante a mineração houve o estouro de um veio de água que obrigou o abandono do local. Usada para diversão nos finais de semana e gravação de comerciais, a paisagem formada pelas rochas continua atraindo visitantes muitos interessados em praticar o rapel em seus paredões.

RIO JUQUERI E SETE QUEDAS

O caminho do Rio Juqueri também é de interesse turístico na região. O rio corta a região conhecida como ‘rio acima’ e possui corredeiras ideais para o bóia-cross, suas margens formam belos circuitos para se fazer a pé ou de bicicleta.

Durante o caminho do rio forma-se uma pequena represa que desagua na cachoeira artificial das sete quedas, local administrado pela Sabesp voltado para a contemplação da queda d'água.

Os acessos são de terra, o entorno mostra áreas gramadas e pouco arborizadas. Banhistas o frequentam nos fins de semana e feriados de sol e calor.

O VELHÃO

E para encerrar o passeio com chave de outro, não deixe de provar o delicioso café colonial do “Velhão”.

O Velhão é um complexo inspirado em uma charmosa vilinha italiana e construído com material de demolição.

Seu restaurante, “As Véia”, oferece comida caseira e ambiente rústico, incluindo um farto café da manhã em sistema buffet à vontade, com grande variedade de bolos caseiros, café no bule, pães quentinhos, frutas, sucos e outros quitutes.

 

Quem saber mais sobre turismo rural no interior de SP? Baixe o nosso e-book e além das dicas de passeios, conheça também os melhores cafés coloniais da região.

Baixe o seu agora mesmo!

 

Créditos da Imagem: Viajando no Click

Salas Comerciais e Coworking Jundiaí - Espaço Comercial Villa Medeiros
Ver
Coworking Jundiaí

Sala Coworking completa, individual, ideal para reuniões, cursos, atendimentos, audiências, etc...

Elis Salles - Jundiaí - Itupeva
A palavra que me representa bem é empreendedora, atuamente estou administrando o Espaço Comercial Villa Medeiros com Salas Comerciais e Coworking e investindo no Refúgios no Interior de SP. Algumas atividades agregam minha trajetória profissional como empresária no mercado imobiliário durante 15 anos (2005-2020), Corretora de Imóveis (Creci f-68203), Avaliadora de Imóveis (Cnai 22634), escritora, practitioner em pnl, web designer e especialista em Marketing.

Você Pode Gostar: